UTFPR Câmpus Curitiba em parceria com a M3 Investimentos inauguram novas instalações da Incubadora Ícarus de Inovações Tecnológicas

Mesa Inauguração Incubadora

 

 

 

Curitiba (PR), 13 de dezembro de 2017 – A Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Curitiba (UTFPR-CT), por meio do Programa de Empreendedorismo e Inovação (Proem) realizou hoje às 18h e 30min, evento de inauguração das novas instalações da Incubadora Ícarus de Inovações Tecnológicas.

Segundo a professora Silvana Leonita Weber, coordenadora do Programa de Empreendedorismo e Inovação do Câmpus Curitiba, “o Proem, em 2017 está completando 20 anos. No Câmpus Curitiba, a pré-incubação (Hotel Tecnológico) é mais voltada para o público interno. Onde os projetos de base tecnológica desenvolvidos por estudantes ganham uma roupagem na área de gestão. Mais de 100 projetos já foram hospedados ao longo das últimas duas décadas. Na Incubadora Ícarus, já foram desenvolvidas 18 empresas, e 16 estão ativas no mercado gerando empregos e riquezas para o nosso município. Atualmente, estão incubadas 6 empresas. Além disso, nossa Incubadora foi recentemente agraciada com o credenciamento junto ao Comitê da Área de Tecnologia da Informação (CATI) do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) o que trará um diferencial para as nossas empresas incubadas”.

Para o Diretor-Geral da UTFPR Câmpus Curitiba, o professor Cezar Augusto Romano, “o diferencial dessa obra foi a abordagem da Tríplice Hélice do Empreendedorismo, onde a Universidade atua como indutora das relações com as Empresas e o Governo visando não apenas a produção de novos conhecimentos, mas também a inovação tecnológica e o desenvolvimento econômico. O professor Romano acredita que assim a Universidade incorpora uma quarta missão, além do ensino, da pesquisa e da extensão, que é o desenvolvimento econômico via geração de conhecimento científico e de base tecnológica tendo como consequência a inovação e uma Universidade mais Empreendedora. Afirma ainda, que a parceria com o empresário Marcel Martins Malczewski foi fundamental para a consolidação desses conceitos”.

O empresário e Diretor Presidente da M3 Investimentos, Marcel Martins Malczewski, foi estudante de mestrado na UTFPR, onde o tema foi o desenvolvimento de uma pequena impressora. Assim nascia o projeto Bematech. “Como na época não havia Incubadora no Cefet-PR, nosso projeto foi incubado na Tecpar. Motivo pelo qual valorizo a importância das incubadoras na formação de empreendimentos nascentes.” Afirma Marcel, que atualmente está apoiando como Investidor Anjo, a empresa Mercafácil que está incubada na Universidade Tecnológica Federal do Paraná no Câmpus Curitiba (UTFPR-Curitiba) e no passado, já investiu na Redefretefácil outra empresa que já fez parte dessa mesma Incubadora.

Para o Reitor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, o professor Luiz Alberti Pilatti, a nova estrutura física da Incubadora permitirá o desenvolvimento de mais empreendimentos inovadores e de base tecnológica, fortalecendo cada vez mais o ecossistema de empreendedorismo e inovação.

M3 investimentos faz aporte em startup paranaense com foco em gestão empresarial

Terra On Line

O sistema de gestão empresarial para micro e pequenas empresas VHSYS, localizado em São José dos Pinhais (PR), conta com um novo parceiro no mercado de investimentos. Liderada por Marcel Malczewski, a M3 já realizou aportes financeiros em mais de 10 empresas dos setores de serviços, bens de consumo e tecnologia.

A VHSYS é a quinta startup paranaense a receber investimentos da M3, também responsável por aportes na Maxwell Bohr, Hariken, Já Entendi e Mercafácil.

Evolução ano a ano

Desenvolvido em 2011 pelos primos Reginaldo Stocco e Luan Stocco, o sistema VHSYS originalmente era apenas um emissor de notas fiscais com o intuito de suprir uma necessidade de um cliente de outra empresa gerenciada pela dupla.

Porém, logo na etapa de desenvolvimento, eles perceberam que havia um grande potencial a ser explorado. “Enxergamos que poderíamos evoluir o emissor para um sistema muito mais completo, que colaborasse em diversas etapas na hora de gerir um negócio. Foi a partir deste escopo que começamos a expandir o sistema”, afirma Luan, cofundador e atual diretor de tecnologia da VHSYS.

De lá pra cá, a empresa cresceu e ganhou destaque no mercado. O sistema foi ficando cada vez mais robusto e hoje conta com módulos para controle financeiro, vendas, estoque, além de ter aprimorado seu emissor de notas fiscais e desenvolvido uma loja de aplicativos exclusivos para o software, ampliando ainda mais suas funcionalidades para o cliente final.

Um passo muito bem calculado

Esta não foi a primeira oportunidade de investimento que a VHSYS teve. Porém, além da parte financeira, para os fundadores era necessário que os possíveis investidores também pudessem colaborar com suas vivências de mercado e expertises. “Sempre buscamos parcerias que pudessem ser positivas não só no aspecto financeiro, mas também na área estratégica, que tivessem experiência em nosso mercado e visão de crescimento”, explica Reginaldo, CEO e cofundador da empresa.

Todos esses aspectos foram encontrados na M3 Investimentos e no imenso conhecimento e vivência de Marcel Malczewski e Gilmar Pértile. “Tanto o Marcel quanto o Gilmar são referências no mercado. A grande experiência na área empresarial e tecnológica e a visão empreendedora de ambos com certeza foram fatores primordiais para essa parceria”, comenta Reginaldo. “Crescemos muito nestes 5 anos e tivemos diversas conquistas com nossas próprias pernas, porém, chegamos em um momento que, para alcançar objetivos ainda maiores, a visão estratégica do Marcel e do Gilmar se fez necessária e será extremamente positiva” completa Luan.

Os próximos passos

Os objetivos da VHSYS com o aporte e conhecimentos da M3 Investimentos são bem claros: aprimorar seu produto, aumentar os canais de distribuição e trabalhar com mais frentes em suas estratégias de marketing.

A expectativa é ampliar sua visibilidade e a equipe, que atualmente conta com 50 funcionários e, consequentemente, expandindo o negócio.